Contratado pelo currículo e demitido pelo comportamento

Você já ouviu a frase: contratado pelo currículo, demitido pelo comportamento?

Nas entrevistas de emprego as pessoas demonstram estar prontas e se dizem motivadas para assumir novos desafios.

Porém quando iniciam suas atividades, iniciam também os relacionamentos com os colegas de setor e com a rotina aparecem os traços dos nossos comportamentos no ambiente profissional.

Quando as coisas vão bem, tudo certo!

Mas quando o clima organizacional está tenso, exigindo de todos os colaboradores um esforço maior, revisão das atividades, trabalhos com pessoas de outros setores, é aí que a coisa complica!

Nesse momento, percebemos claramente quais são as nossas principais características comportamentais, existem pessoas que tendem a explodir quando estão sob pressão, tem pessoas que enxergam as reestruturações como oportunidades para crescer e aprender novas funções.

Você precisa ter um currículo exemplar, mas as suas atitudes devem estar alinhadas com seu propósito de vida e principalmente com os valores da organização.

As competências técnicas são importantes, mas o que vai garantir a sua permanência no mundo corporativo é a sua capacidade de adaptação a diferentes equipes e culturas e principalmente sua flexibilidade.

É preciso perceber qual o efeito as nossas atitudes / comportamentos estão causando nas pessoas, no ambiente de trabalho, e até mesmo na vida pessoal.

Para isso, é essencial que se leve em consideração os feedbacks recebidos, seja de um superior, um subordinado ou de parentes e amigos.

Procure analisar os feedbacks e trace um plano de ação para repensar suas atitudes, garantindo assim seu emprego!

 

Você gostou desse tema? Mande seu comentário!

Inscreva-se em nosso canal no youtube e siga nossas redes sociais....

Confira Nosso Vídeo

Faça seu Comentário

*Nossa equipe avaliará seu comentário e poderá retirá-lo do site sem nenhum aviso prévio