Pesquisa de Clima e Diagnóstico Organizacional

Como identificar o clima organizacional em sua empresa e dar o diagnóstico correto para fazer um plano de melhoria eficaz?

Uma ferramenta eficaz é a Pesquisa de Clima e Diagnóstico Organizacional feita de forma profissional e isenta, e com o objetivo de mapear as relações existentes entre os colaboradores e os subsistemas: gerencial – administrativo tecnológico/estrutural e psicossocial das equipes e pessoas que atuam na empresa.

A pesquisa busca a identificação de indicadores de satisfação em relação aos vários aspectos e fatores que interferem diretamente na motivação, produtividade e comprometimento da equipe com os objetivos e resultados da empresa pesquisada, tais como os sentimentos do grupo pesquisado, envolvendo os colaboradores da organização, em relação ao estilo de liderança, cultura, valores, sistema de remuneração, atividade exercida, ambiente de trabalho e outros fatores que influenciam no seu bem-estar, satisfação no trabalho e no desempenho profissional.

Baseada na “Qualidade de Vida no Trabalho” nossa metodologia trabalha com uma combinação de fatores relacionados com o desempenho das atividades e fatores não dependentes diretamente das tarefas, capazes de produzir satisfação em diversos níveis. Baseado na ideia de humanização do trabalho e responsabilidade social da organização, este conceito combina o atendimento de necessidades e aspirações humanas, que afetam direta e/ou indiretamente as atitudes pessoais e os comportamentos grupais. Metodologia esta idealizada por Richard Walton.

Seguindo a metodologia de Richard Walton a Support propõe a pesquisa de oito fatores que afetam atitudes pessoais e comportamentos em grupo:

Fatores

Dimensões

1. Compensação justa e adequada 1. Renda (salário) adequado ao trabalho;
2. Equidade interna (compatibilidade interna);
3. Equidade externa (compatibilidade externa);
2. Condições de segurança e saúde no trabalho 4. Jornada de trabalho;
5. Ambiente físico (seguro e saudável);
3. Utilização e desenvolvimento de capacidade 6. Autonomia;
7. Significado da tarefa;
8. Identidade da tarefa;
9. Variedade de habilidades;
10. Retroação e retroinformação;
4. Oportunidade de crescimento e segurança 11. Possibilidades de carreira;
12. Crescimento profissional;
13. Segurança de emprego;
5. Integração social na organização 14. Igualdade de oportunidades;
15. Relacionamentos interpessoais e grupais;
16. Senso comunitário;
6. Garantia constitucionais 17. Respeito às leis e direitos trabalhistas;
18. Privacidade pessoal;
19. Liberdade de expressão;
20. Normas e rotinas claras da organização;
7. Trabalho e espaço total de vida 21. Papel balanceado do trabalho na vida pessoal;
8. Relevância social da vida no trabalho 22. Imagem da empresa;
23. Responsabilidade social pelos produtos/serviços;
24. Responsabilidade social pelos empregados.

O instrumento de pesquisa é idealizado a partir da necessidade da empresa, através de um instrumento com um número médio de 40 perguntas que se enquadram nos fatores pesquisados, quando o colaborador analisa o grau de concordância e/ou discordância, numa escala de opções, como por exemplo: “sempre”, “quase sempre”, “as vezes”, “nunca” e ainda com a opção “não tenho opinião”, marcando com um “X” a opção que representa o seu pensamento e sentimento. O colaborador participa de forma espontânea e sua identidade é preservada, o que faz com que os colaboradores respondam efetivamente sua opinião.

Após a tabulação, e com base nos resultados e análise da pesquisa por nossos consultores, elaboramos relatórios quantitativos e qualitativos por área e geral, propondo ações preventivas e corretivas e um plano de ação para a gestão de pessoas, no momento da apresentação dos resultados para o Cliente.

Interessado? Solicite um orçamento aqui Solicitar Orçamento

Solicitar Orçamento

Para mais informações, preencha o formulário abaixo e nossa equipe entrará em contato o mais breve possível.

*Campos obrigatórios